InícioNotíciasGeralFerroviária vence o Rio Claro na Fonte Luminosa

Ferroviária vence o Rio Claro na Fonte Luminosa

Vitória por 3 a 1 deixa a Locomotiva na liderança do grupo e mantém o time com 100% de aproveitamento em casa

A Ferroviária voltou a empolgar seu torcedor pelo Paulistão 2016. Na noite desta quarta-feira, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, a equipe araraquarense venceu o Rio Claro por 3 a 1, com gols de Tiago Adan, Samuel e Wanderson. Maurício marcou o gol do time visitante.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico português Sérgio Vieira chegou aos 6 pontos (duas vitórias e uma derrota) e divide a liderança do Grupo C ao lado do Audax, que possui a mesma campanha. Completam a chave o São Paulo com 4 pontos (uma vitória e um empate), Capivariano (um empate e uma derrota) e XV de Piracicaba (uma derrota em apenas um jogo).

A Locomotiva, que se mantém com 100% de aproveitamento em casa, iniciou a competição com uma derrota por 1 a 0 para o Água Santa com um pênalti polêmico em Diadema e nas duas rodadas seguintes, em Araraquara, superou o Mogi Mirim por 2 a 1 e o Rio Claro por 3 a 1.

Na próxima rodada, a Ferroviária enfrentará o Red Bull em duelo marcado para o próximo sábado, às 21 horas, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Primeiro tempo

Apoiada pela sua torcida, a Ferroviária iniciou a partida tentando impor pressão em seu campo de ataque. Aos 5 minutos, Samuel fez elo passe no meio da defesa para Igor Julião, que bateu forte, mas parou na boa defesa do goleiro Lucas.  Na cobrança do escanteio, a bola foi cruzada na área, a defesa afastou mal e a bola sobrou para Tiago Adan, que chutou da entrada da área e o goleiro se esticou para espalmar para fora. Aos 15, Samuel arriscou de longe, mas o goleiro estava bem posicionado para encaixar com segurança.

A torcida afeana soltou o grito de gol aos 35 minutos. Após cruzamento na área, Anderson e Marcão foram na bola, mas ela sobrou para Tiago Adan, que  cabeceou e acertou o travessão. No rebote, a bola sobrou para ele mesmo, que só teve o trabalho para tocar com tranquilidade para o fundo da rede: 1 a 0!

Aos 43, o goleiro saiu errado e a bola sobrou para Fernando Gabriel, que bateu rasteiro e a bola passou rente à trave esquerda do goleiro.

O Rio Claro reagiu nos últimos minutos do primeiro tempo e aos 45, o time visitante chegou ao empate após uma bola cruzada por Índio que chegou até a pequena área para o volante Maurício cabecear sem chances para Rodolfo: 1 a 1.

Segundo tempo

As equipes voltaram inalteradas para o segundo tempo e a Ferroviária tratou rapidamente de desempatar o jogo. Logo aos 3 minutos, após bola cruzada na área por Fernando Gabriel em cobrança de escanteio, Wanderson saltou de peixinho para cabecear para o fundo do gol: 2 a 1!

Aos 10, após contra-ataque rápido das Ferroviária, Fernando Gabriel arriscou de fora da área e o goleiro Lucas se esticou para espalmar.

A Locomotiva fez a festa de sua torcida aos 15 minutos, em outra jogada de escanteio. Igor Julião tocou curto com Rafinha, que cruzou na área. A bola bateu em Luís Felipe e sobrou fácil para Samuel tocar para o fundo do gol: 3 a 1!

A Ferroviária encontrou tranquilidade para administrar sua vantagem e consolidar sua segunda vitória no Paulistão.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 3 x 1 RIO CLARO
Local: Arena Fonte Luminosa – Araraquara (SP)
Data/Horário: 10 de fevereiro, quarta-feira, 21h45
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Público: 2.282 pagantes
Renda: R$ 40.195,00
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Fausto Augusto Viana Moretti
Cartões amarelos: Igor Julião (Ferroviária); Chico, Luís Felipe e João Gabriel (Rio Claro)
Gols: Tiago Adan (35’ do 1º T) e Wanderson (3’ do 2º T) para a Ferroviária; Maurício (45’ do 1º T) para o Rio Claro.

FERROVIÁRIA – Rodolfo; Igor Julião, Wanderson, Marcão e Thallyson; Rafael Miranda, Juninho, Fernando Gabriel (Matheus Rossetto) e Wescley (Rafinha); Tiago Adan (Danielzinho) e Samuel. Técnico: Sérgio Vieira.

RIO CLARO – Lucas Frigeri; Luís Felipe, Alex Silva, João Gabriel e Muller; Maurício, Elsinho, Chico e Léo Costa (Fabrício); Índio (Lucas Xavier) e Romarinho (Joãozinho). Técnico: Luis dos Reis.
 

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas