InícioDestaque GeralGarotas de 8 a 18 anos podem se inscrever em escola de...

Garotas de 8 a 18 anos podem se inscrever em escola de verão gratuita da USP

Participantes da Technovation Summer School for Girls aprenderão técnicas de programação, empreendedorismo e habilidades para trabalhar em equipe

Se você tem de 8 a 18 anos e quer conhecer o mundo da tecnologia não pode perder esta oportunidade: o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP oferecerá uma escola de verão gratuita e online para garotas aprenderem a criar aplicativos, a Technovation Summer School for Girls. Todas as atividades serão realizadas remotamente de 17 de fevereiro a 13 de abril.

Nesta edição, serão disponibilizadas 75 vagas para estudantes de escolas públicas e privadas de todo o Brasil. As inscrições devem ser realizadas no sábado, 20 de janeiro, a partir das 14 horas (horário de Brasília), durante um evento online que será transmitido pelo Youtube, no canal do Grupo de Alunas de Ciências Exatas do ICMC.

No evento, será divulgado o link para o formulário de inscrições, explicados os detalhes sobre como funcionará a escola de verão e esclarecidas as dúvidas das interessadas e dos responsáveis. O objetivo da Technovation Summer School for Girls é ensinar as garotas a transformarem ideias em aplicativos, apresentando métodos inovadores e estimulando habilidades relacionadas a empreendedorismo, trabalho em equipe e à arte de falar em público. Outra meta da iniciativa é estimular as equipes a participarem do Technovation Girls, uma competição global de tecnologia e empreendedorismo para meninas.

Para se inscrever, não é necessário ter experiência prévia na área de tecnologia, basta as participantes se identificarem como o gênero feminino (englobando transexuais e não-binários), possuir uma conta do Gmail e acesso à internet, além de um computador e um smartphone. Também é preciso ter de 8 a 18 anos até 1º de agosto de 2024 e disponibilidade para participar dos encontros online da escola de verão e interagir de forma remota (via Whatsapp e por meio de reuniões).

Como as vagas para a escola de verão costumam se esgotar rapidamente – esta será a sexta edição da iniciativa e a quarta em que ocorrerá de forma totalmente remota – as organizadoras recomendam que as interessadas participem do evento online e façam as inscrições assim que o formulário for divulgado. A expectativa é de que as vagas se esgotem antes do final da transmissão ao vivo.

Alguns documentos e informações das interessadas serão necessários no momento da inscrição, como e-mail do Gmail (os encontros acontecerão via Google Meet), número do RG e número do CPF (caso possua), bem como RG e CPF do responsável. Além disso, durante a seleção das participantes, será solicitado um vídeo de motivação, então, as garotas serão estimuladas a usar as habilidades criativas para revelar porque desejam participar da escola de verão.

Sobre a iniciativa  Promovida pelo ICMC, a iniciativa é coordenada pela professora Kalinka Castelo Branco, por estudantes e egressas dos cursos de graduação e de pós-graduação do ICMC e por colaboradoras de universidades federais que fazem parte do GRACE. Esse grupo de extensão é ligado ao ICMC e tem como objetivo desenvolver atividades na área de tecnologia e ciências exatas voltadas para o público feminino.

Realizada desde 2018 pelo ICMC, a escola de verão já impactou diretamente mais de 600 meninas e começou sob o guarda-chuva de um grande projeto chamado Ações no ensino fundamental e médio: inclusão feminina no ensino superior de ciências exatas, aprovado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Os bons resultados levaram à continuidade da iniciativa, que novamente foi incluída e aprovada em outra chamada do CNPq, em 2019.

Como em todos os anos anteriores, a Technovation Summer School for Girls também necessita de voluntários que possam contribuir com o desenvolvimento das jovens participantes. Para se tornar um mentor ou uma mentora, basta ser estudante de graduação ou de pós-graduação, profissional da área de educação ou trabalhar em áreas como tecnologia, engenharia, negócios, comunicação e empreendedorismo, por exemplo. Mais informações para quem desejar se tornar um voluntário podem ser obtidas neste link: https://icmc.usp.br/e/1c1a0

Texto: Denise Casatti – Assessoria de Comunicação do ICMC-USP

Para receber notificações de notícias como esta, e não perder nossos conteúdos mais relevantes, faça parte da Comunidade no WhatsApp do Portal Morada – Araraquara e Região clicando aqui.

Leia mais notícias sobre Araraquara e Região em portalmorada.com.br

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas