InícioEsporteGera, roupeiro da Ferroviária, morre aos 62 anos

Gera, roupeiro da Ferroviária, morre aos 62 anos

Funcionário do clube há 35 anos, ele foi encontrado morto em sua residência

A Ferroviária se despediu de um de seus funcionários mais antigos. Na manhã desta sexta-feira (5), Geraldo Donizete Adriano, de 62 anos, foi encontrado morto em sua residência na Vila Xavier. 

Gera, como era conhecido, trabalhou no clube por 35 anos, sendo 30 como roupeiro e os últimos cinco como porteiro da sede do clube, no Estádio da Fonte Luminosa, e era muito querido pelos profissionais que trabalhavam no local. 

Ele morava sozinho e o corpo foi encontrado por uma vizinha, que estranhou sua ausência nos últimos dias e chamou a Polícia Militar. Ainda não foi encontrado nenhum parente da vítima.

Existe a suspeita de que ele estava com Covid-19, informação que está sendo averiguada.

Carlos

Notícias relacionadas

Mais lidas