InícioEsporte+EsportesGinástica artística feminina viveu fortes emoções nos Abertos

Ginástica artística feminina viveu fortes emoções nos Abertos

Medalha de ouro em São Sebastião, equipe de Araraquara travou duelo ponto a ponto com Jundiaí

A ginástica artística feminina de Araraquara sagrou-se campeã dos Jogos Abertos do Interior no dia 15 de outubro, último dia de disputas da competição que reuniu atletas e equipes de 195 municípios paulistas na cidade de São Sebastião, litoral norte de São Paulo.

Para chegar ao primeiro lugar, a equipe comandada pelas técnicas Juliana Desidério e Natasha Pedroso contou com o bom desempenho das atletas Manuely Camile Nogueira Gomes, Brenda Lopes Vieira de Mattos, Larissa Christina Campos Correa, Isabela Aparecida Furtado da Silva, Manuely Camile Nogueira Gomes e Rillary Elias Bertho.

Juliana aponta que as atletas souberam lidar com muita pressão. "Os Jogos Abertos deste ano, além do resultado, trouxeram na bagagem uma experiência muito forte e intensa, de como lidar com as emoções, com a adrenalina, com a pressão, e também com a liderança. A disputa da ginástica artística contou com a participação de 16 equipes, com as quatro principais brigando pelo bloco da frente, que éramos nós, Jundiaí, Guarulhos e Praia Grande", relata.

Ela salienta que a pressão gerou uma carga emocional muito grande na comissão técnica e nas atletas. "Eu nunca na minha vida imaginei que fosse sentir passar pelas sensações que passei. Foi muito intenso, difícil, tenso e com muita pressão. Estar na ponta foi uma coisa que nunca tínhamos vivido dentro dos Jogos Abertos, que é para nós a competição mais importante dentro do nosso cenário", acrescenta.

Juliana afirma que a equipe de Araraquara nunca havia chegado tão próximo do topo. "Era sempre uma realidade distante de nós, mas sabíamos que neste ano a equipe estava muito bem preparada, pronta para uma competição com um nível técnico muito alto. Entretanto, tínhamos Jundiaí em uma briga muito intensa conosco. Nos Jogos da Juventude, nós vencemos Jundiaí. Quando fomos para os Jogos Abertos, fomos classificados em segundo lugar no ranking geral do estado. Por oito décimos nas competições dos Jogos Regionais, Jundiaí ficou na nossa frente. Então tinha uma revanche no ar, uma rivalidade imposta por nós e por Jundiaí, que é uma equipe muito forte, tradicional e importante dentro do cenário da ginástica no estado", comenta.

Assim, os Jogos Abertos iniciaram como uma competição que iria 'desempatar' o confronto entre Araraquara e Jundiaí neste ano. No primeiro dia de disputas, Araraquara cometeu algumas falhas na trave, porém Jundiaí também falhou. "Foi muito acirrado, um páreo muito duro e terminamos o primeiro dia com 0,7 à frente de Jundiaí, pouco mais de meio ponto. Tínhamos a missão de ir para o segundo dia muito bem, muito tranquilos, para tentar manter ou aumentar essa distância nós", lembra Juliana.  

Ela conta que o segundo dia foi muito mais tenso que o primeiro. "Nesse dia, passamos muito bem pelo salto. Vínhamos acompanhando a participação de Jundiaí, que passou muito bem pela paralela, porém nós, quando fomos para a paralela, não fomos bem e poderíamos ter feito uma competição melhor. Jundiaí não foi bem no salto e com isso acabamos a competição sem saber quem tinha vencido e tendo que esperar décimo a décimo do resultado final", menciona a treinadora.

O resultado final foi divulgado com Araraquara à frente por apenas meio ponto de vantagem para o rival, para muita festa das meninas. "São duas equipes muito fortes, que vinham travando uma rivalidade muito sadia porque também somos amigos e as meninas conversam entre elas, porém estávamos ali para defender a bandeira da nossa cidade e, graças a Deus, conquistamos esse resultado que era o que mais esperávamos, era o que almejávamos", vibra Natasha.

A treinadora ressalta que o resultado coroa tudo o que as meninas tinham feito ao longo dos últimos anos. "Amigos de outros municípios ficaram muito felizes em ver essa conquista da nossa cidade, pois todos nos conhecem e sabem do trabalho que vinha sendo feito. Fomos degrau por degrau, até que conseguíssemos chegar a esse resultado", completa.

Juliana diz que a equipe já volta suas atenções para as próximas competições. "Estamos muito felizes, porém já voltamos para a realidade e vamos começar agora a preparação para o Torneio Nacional. Temos as etapas finais da Liga, mas estamos curtindo esse momento, que é mérito das meninas e de todo o trabalho que a equipe vem fazendo", finaliza a treinadora.

 

Redação

Notícias relacionadas

Mais lidas