InícioCidadesCidadeJovens são multados em R$ 220 mil por incêndio em reserva ambiental

Jovens são multados em R$ 220 mil por incêndio em reserva ambiental

Setor de inteligência da GCM identificou autores de incêndio em mata ciliar responsabilizados pelo MP

Foram responsabilizados criminalmente pelo Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo, por intermédio da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente e Urbanismo de Araraquara, os dois jovens identificados pela Guarda Civil Municipal (GCM) que atearam fogo em uma reserva ambiental localizada no bairro Altos do Jaraguá.

O caso aconteceu em setembro de 2020 e devastou uma extensa área de mata ciliar às margens do Córrego das Cruzes. O incêndio durou cerca de quatro dias e seus autores foram identificados pelo setor de inteligência da Guarda Municipal a partir das câmeras de segurança de um condomínio residencial próximo e com a ajuda das imagens obtidas por meio do programa Câmera Cidadã.

De acordo com o secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior, as câmeras do condomínio serviram como ponto de partida para a Guarda, pois ainda não era possível identificar a placa, a marca e o modelo do veículo. "Foi através da observação e análise de câmeras cidadãs no trajeto percorrido pelo veículo que se tornou possível identificar suas características, que foram então passadas para a Polícia Civil, que chegou à autoria do delito", explica.

O Ministério Público determinou aos jovens o pagamento de uma multa no valor de R$ 220 mil e o replantio de 987 mudas na área próxima ao Córrego Anhumas, a fim de reparar o dano ambiental provocado no ano passado.

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas