InícioNotíciasGeralMorre Gilson Alvaristo, um dos maiores nomes do ciclismo brasileiro

Morre Gilson Alvaristo, um dos maiores nomes do ciclismo brasileiro

Ex-atleta faleceu aos 59 anos de idade em Jundiaí

Faleceu, no início da noite desta segunda-feira (28), em Jundiaí, o diretor técnico da Federação Paulista de Ciclismo/FPC, Gilson Alvaristo, aos 59 anos de idade. Ele estava internado há duas semanas devido a uma forte pneumonia, e há suspeitas de que ele tenha sido vitimado pelo vírus H1N1.

Alvaristo foi um dos maiores atletas do ciclismo brasileiro, defendendo a seleção brasileira em duas Olimpíadas, Moscou em 1980 e Los Angeles em 1984, além da equipe da Caloi, onde obteve os títulos da Volta Ciclística do Uruguai. Foi bicampeão brasileiro de estrada, campeão pan-americano de revezamento 4x100km, além de brilhar em provas importantes como a Prova Ciclística 9 de Julho , Campeonato Paulista, diversas competições na Europa, dentre outros.

Foi por várias ocasiões técnico da Seleção Brasileira de Ciclismo, como no ​C​ampeonato ​M​undial ​B ​do Uruguai, em 1999, Jogos Panamericanos e Sulamericanos, Elite e Junior. Natural de Curitiba-PR, atualmente ocupava o cargo de ​diretor técnico da Federação Paulista de Ciclismo, e era o responsável pelos principais eventos no Estado de São Paulo, como Volta Ciclística Internacional do Estado de São Paulo, Copa América, Jogos Regionais e Abertos do interior, campeonato estadual escolar, dentre outros. Seu sepultamento acontece​u​ na ​tarde desta terça-feira na ​cidade de Jundiaí, no Cemitério Parque dos Ipês.

​Uma grande perda para o esporte paulista e nacional, tendo influenciado vários dirigentes, diretores esportivos e principalmente atletas, ao longo de sua carreira.  ​Deixa esposa, filhas ​, neta​ e muitos amigos.

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas