InícioEsportePalmeiras e Santos decidem a Libertadores

Palmeiras e Santos decidem a Libertadores

Primeira final paulista do torneio acontece neste sábado no Maracanã

Palmeiras e Santos entram em campo neste sábado (30), às 17 horas, no Maracanã, pela grande final da Copa Libertadores daAmérica 2020. A grande decisão terá transmissão ao vivo no SBT, na TV aberta, e na Fox Sports, na TV fechada. 

A partida acontecerá sem público devido à pandemia do coronavírus. Ambas as equipes já fizeram o reconhecimento do gramado nesta sexta-feira (29)e participaram das entrevistas na véspera do jogo.

Já no Rio de Janeiro e blindado para a grande decisão, o Palmeiras chega para a decisão com dois desfalques: Wesley e Luan Silva, em recuperação de cirurgia no joelho. O treinador Abel Ferreira já adiantou: o Verdão vai se impor no confronto e não alterar seu esquema para a decisão.

Do outro lado, o Santos contam com três desfalques confirmados: Jobson, Carlos Sánchez e Raniel ainda no departamento médico. O técnico Cuca, conhecido por suas superstições, deve mandar a campo a mesma formação que eliminou o Boca Juniors na semifinal, com Soteldo, Lucas Braga, Marinho e Kaio Jorge no ataque. Mesmo tendo um time inexperiente, Cuca garantiu que a equipe já se tornou "cascuda" durante a competição e que confia nos seus jogadores.

Como a final será decidida em jogo único, caso haja empate no tempo normal, as equipes disputarão a prorrogação. Enquanto o duelo não começa, a Conmebol vem promovendo uma atividade para agitar as torcidas antes da decisão: a campanha Luzes Eternas, espécie de batalha virtual que decidirá a cor do Maracanã durante o confronto.

 

Prováveis escalações

O Palmeiras deve entrar em campo escalado com: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Danilo, Zé Rafael, Gabriel Menino e Raphael Veiga (Willian); Rony e Luiz Adriano.

Já o Santos deve atuar com: John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Lucas Braga; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo.

Campanhas na Libertadores 2020

O Palmeiras encerrou a primeira fase invicto e na liderança do grupo B, com 16 pontos (quatro vitórias e um empate). Aproveitamento de 88,9%. Já nas oitavas, quartas de final e semi, eliminou o Delfín, Libertad e River Plate, respectivamente.

JOGOS DO PALMEIRAS NA LIBERTADORES
Tigre 0 x 2 Palmeiras – 4 de março de 2020
Palmeiras 3 x 1 Guaraní-PAR – 10 de março de 2020
Bolívar 1 x 2 Palmeiras – 16 de setembro de 2020
Guaraní-PAR 0 x 0 Palmeiras – 23 de setembro de 2020
Palmeiras 5 x 0 Bolívar – 30 de setembro de 2020
Palmeiras 5 x 0 Tigre – 21 de outubro de 2020
Delfin 1 x 3 Palmeiras – 25 de novembro de 2020
Palmeiras 5 x 0 Delfín – 2 de dezembro de 2020
Libertad 1  x 1 Palmeiras – 8 de dezembro de 2020
Palmeiras 3 x 0 Libertad – 15 de dezembro de 2020
River Plate 0 x 3 Palmeiras – 6 de janeiro de 2021
Palmeiras 0 x 2 River Plate – 13 de janeiro de 2021

Já o Santos encerrou a primeira fase no grupo G na liderança, com 16 pontos (cinco vitórias e um empate), enquanto no mata-mata eliminou a LDU, o Grêmio e o River Plate até chegar a final da Libertadores.

JOGOS DO SANTOS NA LIBERTADORES
Defensa y Justicia 1 x 2 Santos – 3 de março de 2020
Santos 1 x 0 Delfín – 10 de março de 2020
Santos 0 x 0 Olimpia – 15 de setembro de 2020
Delfín 1 x 2 Santos – 24 de setembro de 2020
Olimpia 2 x 3 Santos – 1 de outubro de 2020
Santos 2 x 1 Defensa y Justicia – 20 de outubro de 2020
LDU 1 x 2 Santos – 24 de novembro de 2020
Santos 0 x 1 LDU – 1 de dezenbro de 2020
Grêmio 1 x 1 Santos – 9 de dezembro de 2020
Santos 4 x 1 Grêmio – 16 de dezembro de 2020
Boca Juniors 0 x 0 Santos – 6 de janeiro de 2021
Santos 3 x 0 Boca Juniors – 13 de janeiro de 2021

Campanhas na história

O Palmeiras participa pela 20ª vez da Copa Libertadores em 2020. Em 195 jogos, a equipe acumula 107 vitórias, 36 empates e 52 derrotas, com 362 gols marcados e 206 sofridos.

Tricampeão da Libertadores, o Santos participa pela 15ª vez da Copa Libertadores. Em 141 jogos, a equipe acumula 78 vitórias, 31 empates e 32 derrotas, com 268 gols marcados e 155  sofridos.
 

Redação

Notícias relacionadas

Mais lidas