InícioNotíciasGeralParaguaio é eleito presidente da Conmebol

Paraguaio é eleito presidente da Conmebol

O dirigente foi aclamado por unanimidade nesta terça-feira

O paraguaio Alejandro Domínguez foi eleito por unanimidade presidente da Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol), nesta terça-feira, durante o Congresso extraordinário que busca deixar para trás os escândalos de corrupção na entidade sul-americana.

O dirigente de 44 anos, foi eleito após o presidente interino, o uruguaio Wilmar Valdéz, oficializar a retirada de sua candidatura.

Domínguez, que também assumirá o cargo de vice-presidente da Fifa, presidirá a Conmebol até 2019, assumindo o mandato do antecessor, o também paraguaio Juan Angel Napout, preso em Zurique, na Suíça, em dezembro do ano passado.

O dirigente, que estava no comando da Associação Paraguaia de Futebol, recebeu o voto das dez confederações nacionais filiadas, incluindo a CBF, que foi representada pelo presidente em exercício, Antônio Carlos Nunes de Lima.

Os três presidentes anteriores da Conmebol estão detidos ou sendo investigados pela justiça, envolvidos nos escândalos de corrupção no futebol.

Domínguez será o terceiro paraguaio a presidir a entidade. Napout renunciou em dezembro, depois de ser preso em Zurique quando se preparava para participar de uma reunião do Comitê Executivo da Fifa. Atualmente, cumpre prisão domiciliar em Nova York.

O antecessor de Napout no cargo, o uruguaio Eugenio Figueredo, foi detido na cidade suíça em maio e extraditado para seu país, onde está preso.

O outro ex-presidente da Conmebol envolvido, o paraguaio Nicolás Leoz, está cumprindo prisão domiciliar em Assunção.

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas