InícioNotíciasGeralRecepção no Brasil emociona delegação na volta do Parapan de Toronto

Recepção no Brasil emociona delegação na volta do Parapan de Toronto

Festa marca a chegada dos atletas brasileiros em São Paulo e no Rio de Janeiro. Brasil teve campanha histórica com 257 medalhas e a liderança do quadro geral
Os atletas paralímpicos brasileiros que fizeram parte da histórica campanha do país nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto retornaram ao Brasil nesta terça-feira, 18. Divididos em dois grupos, medalhistas chegaram tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro. Ambos se emocionaram com a calorosa recepção do público. 
 
O Brasil encerrou a sua participação no Parapan de Toronto com 257 medalhas, sendo 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze. O país liderou o quadro de medalhas da competição pela terceira vez consecutiva – já havia obtido o resultado no Rio-2007 e em Guadalajara-2011. 
 
Em São Paulo, houve a chegada das Seleções Brasileiras de natação, atletismo e rugby em cadeira de rodas. O grupo foi recebido por familiares e bastante festejado por torcedores no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Recepção que surpreendeu até os atletas mais experientes da delegação verde e amarela. 
 
“Difícil ter palavras para descrever o carinho e as emoções que sinto quando chego e tenho este tipo de carinho. Estou muito feliz por estar de volta e ter essa recepção incrível”, disse Terezinha Guilhermina, campeã dos 100m, 200m e 400m, classe T11, em Toronto. 
 
“Não esperava tanta gente assim. Isso é muito bacana e é o reconhecimento do nosso trabalho. Ter a família de todos os atletas, ter este reconhecimento mostra que estamos no caminho certo para o Rio-2016”, acrescentou o nadador Daniel Dias, que venceu oito medalhas de ouro no Parapan. 
 
Estreantes na competição também se surpreenderam. Foi o caso de Verônica Hipólito, que subiu ao pódio quatro vezes em sua primeira participação em Parapan-Americanos. Ela recebeu as boas-vindas de sua família e também de integrantes do Clube Aramaçan, onde iniciou sua carreira, em Santo André (SP). 
 
“Eu não esperava esta recepção. Sabia apenas que meus pais viriam, pessoal do meu clube, mas me emocionei muito com a presença do público aqui. Que em 2016 possamos conseguir resultados ainda melhores”, disse. 
 
No Rio de Janeiro, chegaram os times de futebol de 5, futebol de 7, goalball, vôlei sentado, e a delegação do tênis em cadeira de rodas. A exemplo do que aconteceu em São Paulo, houve muita festa para os atletas. 

“Foi uma recepção incrível que nós tivemos. É muito importante chegar em casa e encontrar uma alegria como esta dos brasileiros nos recebendo. Isso comprova a importância do esporte paralímpico, do futebol de 5. Fiquei muito feliz”, disse Jefinho, campeão do futebol de 5 com a Seleção Brasileira.

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas