InícioNotíciasGeralRenato Cajá se despede da Ponte Preta

Renato Cajá se despede da Ponte Preta

Ex-afeano fez sua partida contra o Atlético-MG neste sábado

O meia Renato Cajá pode ter feito sua última partida com a camisa da Ponte Preta neste final de semana contra o Atlético-MG. Com proposta do Al-Ittihad, dos Emirados Árabes, o camisa 10 deve embarcar para seu novo clube no início da próxima semana e não vestirá mais a camisa da Macaca.

A informação da venda surgiu na noite do último sábado, antes do time entrar em campo contra o Galo. O novo clube de Cajá, que não teve o nome divulgado, pagará a multa rescisória de R$ 6 milhões na próxima segunda-feira. O armário do jogador no CT do Jardim Eulina, inclusive, teria sido desocupado. Na última sexta-feira, o meia teria deixado o local com todos seus pertences.

O camisa 10 deixou o gramado na partida contra o Atlético-MG aos 18 minutos do segundo tempo debaixo de algumas vaias. Na ida para o banco de reservas, ele deu um abraço carinhoso em Guto Ferreira.

“É o último jogo desta passagem. Feliz pelo tempo que passei aqui, uma pena encerrar o ciclo com uma derrota. Estou feliz, é minha quarta passagem aqui, sempre foi assim: amor e ódio. A vida é assim. A Ponte Preta está firme e vai continuar fazendo um bom trabalho. Tenho 31 anos, preciso pensar em mim, na minha família. É uma grande oportunidade”, revelou o meia logo após a partida.

Renato Cajá tem contrato com a Ponte Preta até dezembro desse ano e no início do Brasileirão despertou interesse de vários clubes brasileiros, como Cruzeiro, Flamengo, São Paulo e Corinthians, mas a diretoria alvinegra avisou que só o liberaria caso a multa de R$ 3 milhões para o mercado interno fosse paga, o que não aconteceu. No entanto, o camisa 10 nunca escondeu o desejo de jogar novamente no exterior para conseguir sua independência financeira, principalmente por ter 30 anos.

Revelado pelo Mogi Mirim, o meia defendeu Ferroviária, Juventude, Grêmio, Botafogo, Vitória, Al Ittihad-SAU, Guangzhou Evergrande-CHN, Kashima Antlers-JAP e Bursaspor-TUR. Contratado em julho do ano passado, Renato Cajá está em sua terceira passagem pela Ponte Preta e foi apontado como um dos principais jogadores neste início de Brasileirão.

A diretoria da Ponte terá que ir em busca de um novo jogador para exercer a função, pois, neste momento, Guto Ferreira conta apenas com Adrianinho, Roni e Léo Costa como opções no meio-campo. Felipe, ex-Guarani e Palmeiras, deve ser anunciado nos próximos dias.
 

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas