InícioNotíciasGeralTécnico Marcelo Oliveira deixa o comando do Palmeiras

Técnico Marcelo Oliveira deixa o comando do Palmeiras

Treinador não resiste à derrota para o Nacional-URU; Cuca desponta como favorito

Suspenso, Marcelo Oliveira não esteve no banco do Palmeiras durante a derrota em casa por 2 a 1 diante do Nacional-URU, mas isso não impediu que ele fosse demitido após o resultado ruim. Depois da partida, o gerente de futebol Alexandre Mattos anunciou a queda do treinador. Alberto Valentim dirige a equipe até que outro treinador seja contratado. Sem clube, Cuca desponta como o favorito ao cargo.

De acordo com o cartola, a razão da demissão de Marcelo Oliveira foi a falta de evolução da equipe. “Não era o que a gente imaginava, não era o que a gente queria. Está claro que a evolução não estava acontecendo. O coletivo não está funcionando e a gente precisa de uma nova etapa. Não estava evoluindo e é por isso que vamos mudar”, disse Alexandre Mattos, que fez questão de dividir a culpa do momento ruim do clube. “A responsabilidade é compartilhada com o grupo de jogadores e com a direção”.

Alexandre Mattos afirmou ainda não há nomes em pauta no Verdão. No entanto, ele disse que a busca será por um “vencedor, técnico de Palmeiras, que chega com pensamento de buscar as vitórias”.

Contratado em junho de 2015, Marcelo Oliveira deixa o Palmeiras após 53 partidas. No total, foram 24 vitórias, 11 empates e 18 derrotas, com 52,2% de aproveitamento. Separando apenas os números em 2016, o rendimento é ainda pior: quatro vitórias, quatro empates e três derrotas em 11 jogos, com 48,5% de aproveitamento.

O ponto alto da passagem de Marcelo Oliveira foi o título da Copa do Brasil de 2015, com vitória nos pênaltis sobre o Santos na final. Antes de assumir o Verdão, o treinador havia conquistado o bicampeonato nacional com o Cruzeiro em 2013 e 2014.

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas