InícioNotíciasGeral1º Jornada da Cidadania e Empregabilidade segue até sexta

1º Jornada da Cidadania e Empregabilidade segue até sexta

Projeto é desenvolvido na Penitenciária de Araraquara e conta com o apoio de várias entidades

 

A Penitenciária de Araraquara, por meio da Secretaria Estadual de Segurança Pública, deu início, na segunda-feira (11), a 1º Jornada da Cidadania e Empregabilidade na Unidade Prisional de Araraquara, que segue até o próximo dia 15, com atividades. A abertura solene está agendada para dia 14, às 9 horas, quando autoridades do estado e local estarão presentes.

Segundo Rodrigo Ronchi Redivo, Diretor Geral da Penitenciária de Araraquara, a intenção do programa é dar condições para que os detentos possam mudar suas histórias. “Estamos oferecendo condições para que eles saiam melhor do que entraram e não voltem à criminalidade”, disse o diretor.

Neste primeiro dia da Jornada, os detentos participaram do “Clube de Leitura”, uma parceria realizada com a Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel (FUNAP) e com a Fundação Palavra Mágica.

O Clube da Leitura consiste na formação de um grupo de 20 reeducandos que terão prazo de 10 a 15 dias para leitura de uma obra indicada pela Fundação Palavra Mágica. Após a leitura, o grupo se reúne e, com o apoio de um mediador cedido pela FUNAP, farão um debate temático, pertinente ao contexto da narrativa. Além disso, os presos participantes poderão realizar a entrega de uma resenha a cada leitura realizada, para que seja submetida à avaliação para pedido de remissão de pena.

O gerente regional da FUNAp – Ribeirão Preto, Silvio Luís do Prado, esteve presente na abertura do projeto, na segunda-feira. “Esta ação já aconteceu em mais seis cidades do estado, com 15 clubes. A nossa intenção é atingir, até o final do ano, 50 clubes no estado”, relatou o gerente.

Além do Clube da Leitura, durante toda a semana serão oferecidos diversos serviços aos reclusos, tais como, a emissão de documentos de identidade (RG, CPF) e Carteira de Trabalho; também terão atendimentos jurídicos, orientação de elaboração de currículo e palestra com temas voltados à profissionalização, bem como, inserção no mercado de trabalho e empreendedorismo, orientação sobre dengue e saúde bucal, corte de cabelo, aferição de pressão, teste de glicemia, entre outros.

Além da Prefeitura de Araraquara, são parceiros no projeto, a Secretaria da Administração Penitenciária; Secretária de Justiça da Defesa e Cidadania; Secretária de Segurança Pública; Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt; Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho; Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania; Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Noroeste; Defensoria Pública; Ordem dos Advogados do Brasil; Receita Federal; Ministério do Trabalho; Justiça Eleitoral, UNESP; UNIP; SENAI; SENAC; SEBRAE; Comad; FUNAP; Sucen e Tribunal de Justiça do estado de São Paulo.

 

Redação

Notícias relacionadas

Mais lidas