InícioNotíciasGeralDaniel Alves revela que Guardiola queria treinar o Brasil

Daniel Alves revela que Guardiola queria treinar o Brasil

Lateral revelou que seu ex-técnico tinha estratégia para comandar a seleção brasileira na Copa de Mundo

O espanhol Pep Guardiola, comandante do Bayern de Munique, queria treinar a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014, mas foi rejeitado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na véspera do aniversário da derrota por 7 a 1 para a Alemanha, na semifinal do Mundial, o lateral-direito Daniel Alves revelou o desejo do seu ex-treinador.

“Eu pago por ser linguarudo, mas não conto mentira. Antes da Copa, o Pep queria treinar a seleção brasileira e não quiseram. O Pep falou que queria fazer a gente campeão do mundo e tinha toda a estratégia e não quiseram. Falaram que não sabiam se o Brasil iria aceitar. Se não aceitamos o melhor do mundo, que pode nos fazer melhores, você não se preocupa com a seleção brasileira”, disse Dani Alves em entrevista à ESPN Brasil.

Segundo o lateral-direito, Guardiola já havia formulado a estratégia para levar o Brasil ao hexacampeonato. “Desde que eu estou na seleção, ele já tinha o time na cabeça, já tinha a equipe que ele queria para treinar o Brasil”, revelou.

Daniel Alves encheu a bola do seu ex-treinador, com quem trabalhou no Barça de 2008 a 2012. “O Pep é o melhor treinador do mundo. O cara mais gestor esportivo que eu vi. Um cara que revolucionou o futebol, um time, uma equipe. Tivemos a chance de ter o cara sem ter que gastar, se o problema é dinheiro. A intenção dele era só receber se tivesse o resultado esperado pelo povo brasileiro. Você deixa passar uma oportunidade dessa? Você não pensa na seleção brasileira”, opinou o lateral.

 

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas