InícioNotíciasGeralPolícia procura autor de homicídio em Itirapina

Polícia procura autor de homicídio em Itirapina

Vítima teria sido morta a golpes de faca em balneáreo

                Após menos de 05 h de investigação, Policiais Civis da Delegacia de Polícia de Itirapina/SP elucidaram o homicídio que vitimou Donisete Alves, conhecido como “Ratinho” de 51 anos de idade, ocorrido na madrugada do último domingo (31) em Itápolis, e efetuaram a prisão de José Luciano da Silva, de 38 anos de idade, que é apontado como coautor do crime. Segundo o delegado Dr. José Francisco Mineli, responsável pelo caso, a vítima teria sido morta a golpes de faca desferidos por um indivíduo, já identificado pela Polícia Civil como Marcos Rossi, de 26 anos de idade, devido a uma existente entre os autores e a vítima.

O crime ocorreu por volta das 04h50 da madrugada do último domingo, no Balneário Santo Antônio. Assim que tomaram conhecimento do crime, os policiais da Delegacia de Itirapina deram início às investigações, a fim de descobrir pistas que pudessem levar aos autores do crime. Após 4 horas ininterruptas de diligências e buscas, por volta das 09h30 da manhã de domingo, os policiais civis com o apoio da Polícia Militar efetuaram a prisão em flagrante de José Luciano, o qual estava escondido próximo ao local dos fatos. Os policiais também conseguiram localizar em um banheiro público a faca que foi utilizada na prática do homicídio.

                               Ao ser ouvido pelo delegado, José Luciano alegou que discutiu com a vítima em um bar e que, juntamente com Marcos, acabou assassinando “Ratinho”. No entanto, para o delegado, essa versão é conflitante e ainda deverá ser esclarecida. “Estamos trabalhando para esclarecer os reais motivos que levaram os dois homens a assassinar “Ratinho”, uma vez que existe a suspeita de que Marcos teria furtado um celular da vítima, motivo pelo qual saiu à discussão e que Marcos teria se juntado a José Luciano para cometer o crime”, disse.

                               O indivíduo foi encaminhado à Cadeia de Rio Claro onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. O delegado afirmou que as investigações foram intensificadas pela Polícia Civil, com o objetivo de localizar e prender o segundo homem suspeito de envolvimento com o crime. “Nossos policiais estão na rua a fim de capturar Marquinhos que é apontado como sendo autor desse homicídio e esperamos efetuar sua prisão”.

Qualquer informação sobre o paradeiro do autor do crime deve ser passada ao 181 – disque denúncia.

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas