InícioCidadesCidadePrefeitura de Araraquara apresenta proposta de reajuste de 4,65% ao funcionalismo

Prefeitura de Araraquara apresenta proposta de reajuste de 4,65% ao funcionalismo

Proposta ainda prevê aumento de 20% no piso do funcionalismo

A Prefeitura de Araraquara e o Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar) se reuniram nesta terça-feira (16) para apresentação da proposta da administração municipal de dissídio anual do funcionalismo municipal referente à Data Base de 2023, dando continuidade à mesa de diálogos e negociações com o sindicato da categoria.

Estiveram reunidos na Sala de Reuniões do sexto andar, Gustavo Jacobucci, presidente do Sismar e Andreia Juliana Bertho Lima, vice-presidente, e os secretários municipais Donizete Simioni (Governo), Mariamalia Vasconcellos (Justiça, Modernização e Relações Institucionais), Juliana Lujan (Administração), Adriano Altieri (Planejamento e Finanças) e o chefe de gabinete, Cristiano Tiago dos Santos.

A proposta apresentada inclui, entre os benefícios que passarão a valer a partir de 1º de maio de 2023, aumento de 4,65% no valor dos vencimentos de todos os funcionários públicos municipais; reajuste de 20% do piso salarial do funcionalismo, que passará para R$ 1.563,97, beneficiando 1.139 servidores; aumento do valor do bônus alimentação em 12,12% para todos os funcionários, que passará para R$ 370 e valor total do vale-alimentação chegará a R$ 810,00, e reajuste em 4,65% no valor recebido a título de prêmio assiduidade, que passará para R$ 191,10.

Além dessas medidas que vão vigorar a partir de 1º de maio, a proposta também inclui o reajuste do piso do magistério público municipal em 14,95%, retroagindo a 1º de janeiro de 2023, elevando o piso da categoria para R$ 4.420,00 para os profissionais que possuem jornada completa, beneficiando aproximadamente 720 funcionários; reajuste do piso dos integrantes das carreiras de Enfermeiro e de Enfermeiro do Trabalho em  13,32%, elevando o piso para R$ 3.571,92, por 150 horas trabalhadas, e o reajuste do piso dos integrantes das carreiras de Técnico de Enfermagem e de Técnico de Enfermagem do Trabalho e, 12,20%, elevando o piso para R$ 2.496,50, por 150 horas trabalhadas.

O pacote apresentado ao Sismar na mesa de negociações, nesta terça-feira, impactará, aproximadamente, em R$ 2 milhões mensais na despesa de pessoal com a administração pública municipal direta, exclusivamente, bem como cerca de R$ 26 milhões no orçamento anual do município, segundo a prefeitura.

A proposta será analisada pelos servidores em assembleia programada para as 19 horas desta terça-feira (16), no Paço Municipal.

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL

–  Reajuste nos vencimentos: aumento de 4,65% no valor dos vencimentos de todos os funcionários públicos municipais, a contar de 1º de maio de 2023;

– Reajuste do piso salarial do funcionalismo: aumento de 20% no piso salarial do funcionalismo, que passará a ser de R$ 1.563,97, a partir do dia 1º de maio de 2023. Esta medida beneficiará 1.139 funcionários;

– Reajuste do piso do magistério público municipal, retroagindo a 1º de janeiro de 2023: reajuste de 14,95% elevando o piso da categoria para R$ 4.420,00 para os profissionais que possuem jornada completa (proporcional aos demais), beneficiando aproximadamente 720 funcionários do magistério público municipal;

– Reajuste do piso dos integrantes das carreiras de Enfermeiro e de Enfermeiro do Trabalho: reajuste de 13,32%, elevando o piso para R$ 3.571,92, por 150 horas trabalhadas;

– Reajuste do piso dos integrantes das carreiras de Técnico de Enfermagem e de Técnico de Enfermagem do Trabalho: reajuste de 12,20%, elevando o piso para R$ 2.496,50, por 150 horas trabalhadas;

– Reajuste do valor do bônus alimentação: aumento de 12,12% no valor recebido no bônus-alimentação, a partir de 1º de maio de 2023, para todos os funcionários. Com isso, o valor do bônus alimentação passará para R$ 370,00, e o valor total do vale-alimentação chegará a R$ 810,00; e

– Reajuste do valor do prêmio assiduidade: aumento de 4,65% no valor recebido a título de prêmio assiduidade, que passará para R$ 191,10, a contar de 1º de maio de 2023.

Luis Antônio

Jornalista. Formado em Ciências Sociais e Letras pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Mestrando em Estudos Literários. Apresentador e editor do Jornal da Morada, da Rádio Morada FM 98,1

Luis Antônio
Jornalista. Formado em Ciências Sociais e Letras pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Mestrando em Estudos Literários. Apresentador e editor do Jornal da Morada, da Rádio Morada FM 98,1
Notícias relacionadas

Mais lidas