InícioNotíciasGeralEm noite sangrenta, São Carlos tem dois mortos e dois baleados

Em noite sangrenta, São Carlos tem dois mortos e dois baleados

Polícia acredita que frentista foi morto por engano

Na madrugada desta quarta-feira, a Polícia de São Carlos registrou a morte de duas pessoas no bairro Presidente Collor. Outras duas pessoas também foram baleadas.

Por volta de duas horas da madrugada, a Polícia Militar foi acionada após homens armados e encapuzados invadirem uma casa e matarem um senhor, na Rua Marisete Terezinha Santiago de Santi.  A vítima, o frentista Donizete Pereira Carvalho, de 53 anos, foi baleado após os homens arrombarem a porta. Segundo a esposa do frentista, o marido acordou com o barulho e pediu que ela se escondesse embaixo da cama. Logo após os disparos o trio fugiu em dois carros.

Segundo a Polícia, os bandidos teriam executado a pessoa errada, por isso invadiram a casa de um adolescente de 16 anos e também o executaram a tiros.

Na fuga pelo mesmo bairro outros dois homens foram baleados. Um homem de 44 anos disse aos Policiais que foi abordado pelos mesmos criminosos em um veículo modelo VW/Gol. Ele foi atingido com um tiro no ombro. De acordo com a PM, a vítima, que tem passagem criminal, foi socorrida para a Santa Casa.

Momentos depois, a polícia foi informada de que outro rapaz havia dado entrada na UPA com dois tiros na perna e no braço.  Maicon Leno Carbono Espinelli, de 24 anos, conseguiu correr até a unidade de saúde e foi transferido para a Santa Casa, onde passou por cirurgia e permaneceu internado. Ambos disseram que os bandidos estavam em um VW/Gol branco, que foi avistado pela polícia e, durante a perseguição, o condutor perdeu o controle e bateu na sarjeta.

No carro, os PMs abordaram três homens e apreenderam coletes a prova de bala e um revólver calibre 22.

Os envolvidos foram encaminhados ao Plantão Policial para registro da ocorrência quando a Polícia Militar recebeu o chamado de que um adolescente estava morto dentro do banheiro de sua casa. Chegando ao local, os policiais encontraram o corpo de Weslei Marques da Silva, de 16 anos.  

Segundo as primeiras informações, o jovem foi morto devido a uma cobrança de drogas entre traficantes e o frentista teria sido morto por engano, já que as vítimas moravam em sobrados.

Os suspeitos, de 32, 31 e 29 anos foram detidos e serão ouvidos pelo delegado. Os homens que estavam em um segundo carro envolvido na ocorrência não foram localizados.

O caso foi encaminhado para a DIG – Delegacia de Investigações Gerais.

 

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas