InícioCidadesCidadeHomem cai no golpe do “falso médico” e envia dinheiro para golpista

Homem cai no golpe do “falso médico” e envia dinheiro para golpista

O criminoso persuadiu a vítima ao falar sobre o diagnóstico de sua sogra, que está no hospital

Nesta quinta-feira (21), um homem foi enganado e enviou R$ 3,8 mil para um golpista depois de cair no golpe do “falso médico” em Araraquara-SP.

O homem, de 60 anos, disse em Boletim de Ocorrência que recebeu uma ligação telefônica onde o interlocutor se apresentou como médico de sua sogra.

Como a paciente está internada no Hospital São Paulo e o criminoso deu detalhes do diagnóstico, o homem acreditou que estava realmente conversando com o médico.

Durante a conversa, o criminoso disse que a sogra da vítima estava tendo uma hemorragia e necessitava urgentemente de uma cirurgia, e caso não fosse realizada, a paciente poderia vir a óbito.

O sujeito, para pressionar a vítima em relação a valores financeiros, ainda disse que o plano demoraria para muito a autorizar o procedimento e isso colocaria a vida da paciente em risco.

Na sequência, o golpista disse que precisaria de R$ 3,8 mil para realizar a cirurgia de emergência e a vítima, enviou o valor através de PIX.

Posteriormente, o criminoso pediu mais R$ 2,9 mil, mas a vítima não enviou e descobriu que se tratava de um golpe. O caso foi registrado como Estelionato e está sendo investigado.

Casos idênticos

No dia 3 de novembro deste anos, um idoso de 66 anos também caiu no mesmo golpe e enviou R$ 4.460,00 para o golpista (leia matéria relacionada).

O hospital São Paulo chegou a abrir uma sindicância para apurar casos semelhantes a estes em 2022. Em setembro daquele ano, pelo menos quatro famílias procuraram o hospital e posteriormente a Polícia Civil, depois de caírem nos golpes (leia matéria relacionada).

Em nota, o hospital disse que intensificou em comunicados anteriores que não solicita por telefone o pagamento antecipado via PIX para realização de qualquer procedimento. 

O hospital também recomenda aos pacientes e seus familiares a não realizar qualquer pagamento, e confirmar com o médico assistente ou, diretamente, no serviço social no hospital (3303-3907) ou SAC da operadora (0800 011 3244).

Para receber notificações de notícias como esta, e não perder nossos conteúdos mais relevantes, faça parte da Comunidade no WhatsApp do Portal Morada – Araraquara e Região clicando aqui.

Leia mais notícias sobre Araraquara e Região em portalmorada.com.br

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas