InícioCidadesCidadePrefeitura entrega área de convivência em Bueno de Andrada

Prefeitura entrega área de convivência em Bueno de Andrada

Espaço visa fortalecer o turismo rural, cujas ciclo rotas são utilizadas por aproximadamente 30 mil visitantes

Em solenidade realizada na manhã deste domingo (17), a Prefeitura de Araraquara realizou a entrega da Área de Convivência e Apoio Turístico “Thais Antonia Martinez”, que fica na Av. Dr. Nilo Rodrigues da Silva, no Pátio de estacionamento da Estação Ferroviária do Distrito de Bueno de Andrada.

O prefeito Edinho falou sobre a importância da obra para o turismo local. “Bueno de Andrada é hoje o principal ponto turístico de Araraquara e um dos principais da nossa região. Virou um espaço gourmet e agora vamos também fazer um espaço para as nossas feiras de artesanato, que tem feito com que a nossa economia solidária se fortaleça. Economia solidária significa renda, significa famílias que vivem de artesanato terem um local para expor, para vender e fazer daquilo que é um dom divino uma fonte de renda para suas famílias. Queremos que esse espaço seja frequentado e que aqui, além de ser um espaço de renda, seja um espaço de exposição daquilo que a nossa população tem de capacidade criativa”, comentou.

O nome de Thais Antonia Martinez para denominar o espaço foi uma indicação do vereador Alcindo Sabino (PT), que representou a Câmara Municipal no ato. “Esse local não poderia ter um nome melhor porque a Thais amava Araraquara e também tinha uma paixão genuína pela bike, uma paixão que a impulsionava mesmo diante das adversidades. Obrigado à família de Thais, por nos permitir homenagear essa pessoa extraordinária. Que a sua história sirva para nós para que tenhamos um 2024 repleto de coragem e determinação”, salientou.

 
O vice-prefeito e secretário municipal do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto, destacou a força do cicloturismo para a região. “É muito justo que o nome da Thais seja eternizado neste espaço, já que ela era apaixonada pelo pedal e esteve em Bueno várias vezes por conta dessa paixão. Foi a paixão da Thais e de cerca de 30 mil ciclistas que rodam pelas nossas estradas rurais atualmente que motivou a construção desse espaço. Ele faz parte de um projeto elaborado com muito cuidado e muito carinho, que inclui também investimentos na sinalização para o nosso cicloturismo”, pontuou.

A secretária de Saúde, Eliana Honain, que representou todos os gestores municipais no encontro, também valorizou a homenagem. “É extremamente importante fazermos homenagens. Sou muito favorável às homenagens em vida, mas precisamos eternizar os locais e essa é uma grande homenagem que prestamos à Thais. Eternizamos o nome dela em algo que ela amava e isso é extremamente importante. É um espaço que ela frequentou, que ela gostava de estar e com certeza, onde ela estiver, ela está vibrando conosco com esse ato singelo, mas importante”, reforçou.

Cássia Martinez, mãe de Thais, agradeceu pela homenagem. “Esse é um evento que para muitos pode não ser nada, mas para nós, familiares, tem sido um bálsamo no nosso luto. Parabenizo as autoridades pela iniciativa de criar esse espaço tão lindo e para nós tão importante”, completou.



Também marcaram presença na solenidade o presidente da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Paulo Landim (PT) e o vereador Aluisio Boi (MDB); o secretário de Governo, Donizete Simioni; o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro; o secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior; a secretária de Administração, Juliana Lujan; o chefe de Gabinete, Renato Ribeiro; o diretor executivo da Fundart, Weber Fonseca; o presidente da Morada do Sol, Eventos e Participações SA, Manoel Araújo Sobrinho; o presidente da Câmara de Boa Esperança do Sul, Daniel Garcia; além de familiares e amigos de Thais Antonia Martinez.

A obra

A obra foi realizada por meio de dois convênios com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo e Viagens, e visa fortalecer o turismo rural, cujas ciclorrotas são muito utilizadas pelos visitantes. O investimento foi de R$ 752.182,25, sendo R$ 613.945,08 de repasse estadual e R$ 138.237,17 de recursos próprios do município. O fomento ao cicloturismo rural foi uma demanda apresentada pelo Conselho Municipal de Turismo (Comtur) a partir dos debates da Conferência Municipal de Turismo.

A iniciativa contou com a colaboração do setor de projetos da então Coordenadoria de Mobilidade Urbana, hoje Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, e com a colaboração da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade. Para complementar a sinalização para o cicloturismo, foi elaborado, em parceria com a Secretaria de Obras e Serviços Públicos e também com o setor de projetos da Coordenadoria de Mobilidade Urbana, o projeto da Área de Convivência e Apoio Turístico no Distrito de Bueno de Andrada.

O centro de convivência de Bueno de Andrada recebeu a instalação de mobiliário urbano para agregar atividades com aproveitamento do paisagismo para valorizar o espaço urbano. O local será utilizado para a promoção de feiras de produtos, apresentações musicais e atividades culturais e esportivas destinadas aos visitantes, conectando a estação histórica a um pátio, a fim de ampliar a convivência entre o urbano e o rural, conectando as pessoas em um local aberto, gerando emprego e renda, e oferecendo lazer e entretenimento para todas as faixas etárias, proporcionando, assim, um viver em harmonia, com respeito à diversidade, construindo um espaço inclusivo para as gerações atuais e futuras.

Neste local era realizada uma feira sem um padrão específico, com isso a Prefeitura percebeu a necessidade de atender os visitantes e ciclistas que vão até Bueno. Em conjunto, pretende criar um local organizado para a promoção de feiras gastronômicas e artesanais, bem como para valorização da cultura local por meio de apresentações e atividades esportivas.

Sinalização turística

A obra da sinalização turística para o cicloturismo envolveu a instalação de placas de sinalização turística e de conscientização ambiental, totens de identificação no início dos circuitos e balizadores de solo com impressão de sistema QRCode, que abrirá informações no site da Prefeitura.

Os objetivos são fortalecer o turismo rural, contribuir com a economia local, divulgar o trade turístico e aumentar a demanda turística. Outro propósito é atender a demanda de visitantes e ciclistas já existente na área rural, especificamente nas ciclorrotas que levam até os assentamentos Bela Vista e Monte Alegre e ao distrito de Bueno de Andrada.

O valor do investimento foi de R$ 478.300,92, sendo R$ 361.108,44 via convênio estadual e R$ 117.192,48 de recursos próprios. A obra englobou a instalação de 194 placas, 71 balizadores de solo e 199 postes para placas.

A padronização das ciclorrotas rurais ajudará no direcionamento dos usuários, fornecerá informações turísticas da região e criará uma consciência ambiental dos visitantes e ciclistas, gerando maior preservação ambiental nessas áreas.

A homenageada

Thais Antonia Martinez nasceu em 25 de agosto de 1983 em Guariba-SP. Filha de Cássia Martinez e mãe de Ingrid e João Pedro, ela trabalhou na Macsofner, na Unimed e, nos finais de semana, no Restaurante Palhoça. Desde pequena sempre gostou muito de bike. Aos 6 anos, teve sua primeira bicicleta e também gostava muito de patins e adorava dançar. Já adulta, com dois filhos pequenos, trabalhava, estudava e sonhava em comprar sua bike. No início de 2020, conseguiu comprar sua bicicleta e, incentivada por uma amiga de trabalho, Arieli, fez o seu primeiro pedal. Nessa época, já diagnosticada com câncer, mas com muito ânimo, era incentivada pela liberdade que sentia quando pedalava.


Muito persistente, mesmo com pouca resistência física devido ao tratamento contra o câncer, conseguiu chegar em Bueno muitas vezes e em vários outros lugares. Pedalava todos os dias com amigos ou com seus filhos. Nos finais de semana, levantava de madrugada para se juntar à “turma do pedal”. Voltava já na hora do almoço, suja e cansada, mas muito feliz. Dizia que pedalando não se sentia doente, que ela e a bike eram mais fortes que o câncer. Fez muitas novas amizades no pedal e incentivava pessoas saudáveis e com câncer a pedalar. Muito religiosa, dizia que sempre rezava enquanto pedalava e só deixaria de pedalar quando suas pernas não pudessem mais se mover. Faleceu em 11 de fevereiro de 2022, aos 38 anos, em Araraquara.

Para receber notificações de notícias como esta, e não perder nossos conteúdos mais relevantes, faça parte da Comunidade no WhatsApp do Portal Morada – Araraquara e Região clicando aqui.

Leia mais notícias sobre Araraquara e Região em portalmorada.com.br

Notícias relacionadas
- Anúncio -spot_img

Mais lidas